Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo... Sim, Jacque, eu ainda te amo! Por favor, me perdoa...

sábado, 12 de julho de 2008

13 de julho - Dia Mundial do Rock

Ué, mas o rock não morreu?

Então vamos falar de algo que realmente importa:

O Irã atacará "32 bases americanas e o coração de Israel" caso sofra alguma agressão militar, afirmou um alto funcionário da República Islâmica, citado neste sábado pela agência de notícias semi-oficial Fars.
"Se os Estados Unidos ou Israel dispararem projéteis ou mísseis contra nosso país, as forças armadas iranianas terão como alvo o coração de Israel e 32 bases americanas na área, antes que a poeira deste ataque tenha se dissipado", disse Mojtaba Zolnoor, assessor do aiatolá Ali Khamenei, guia supremo da revolução iraniana.

E o rock com isso?

A gente dá um jeito. Vamos relembrar um clássico do Punk Rock nacional, dos tempos em que o rock ainda estava vivinho da Silva:


Saddam Hussein is Rock'n'Roll - Garotos podres

Saddam Hussein is Rock’n’Roll
Rock’n’Roll, Rock’n’Roll
Saddam Hussein is love and soul
love and soul, love and soul
Saddam Hussein is our god
and god es zilla.
Mostard gas makes my mind
I get crazy, crazy, crazy
I wanna drink of oil
to fart chemical gas.
I wanna bombing Washington
with a Scud full of shit
I wanna put "Al Hussein" missil
up George Bush’s ass.
Patriot is asshole missil
"Al Hussein Scud" is nice
in the east or west
"Al Hussein" is the best."

Pois é, o bom e velho Saddam Hussein... Este parece ser o destino do Irã, um país onde a violência urbana é praticamente nula...

E a propósito, o rock não morreu não, só tá passando bem longe das rádios e das televisões. Viva o "rock de subúrbio"!

3 comentários:

Pamella B. disse...

Morreu? DE FORMA ALGUMA! A cada vez que ele dá essa "sumida" ele volta ainda melhor. Olha, é segredo, mas vou te contar: o rock não quer ser hype, sabe?

;))

Jesus Punk disse...

Com certeza não morreu; e nunca morrerá. E acredito ainda que a geração pós-emo vai chegar quebrando tudo!

Cesar Crash disse...

Amém!