Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo... Sim, Jacque, eu ainda te amo! Por favor, me perdoa...

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Unreleased Post: Proliferação (Rato do Subúrbio)

Dedicado à minha querida pessoa anônima (ver comentários da postagem anterior).

O trampo é velho, mas as cores são novas!
(c)!

2 comentários:

Anônimo disse...

Abaixo o "c"
Que suma o "r"
E que venha o "g"

Cesar Crash disse...

Amém!