Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo...

sábado, 8 de dezembro de 2007

ABORTO, NÃO!


É, claro, legalizemos os assassinatos, estupros e roubos e o índice de criminalidade será praticamente zero!

Um comentário: