Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo... Sim, Jacque, eu ainda te amo! Por favor, me perdoa...

sábado, 17 de maio de 2008

Does my brain have something to do with my legs?

O meu cérebro tem algo a ver com as minhas pernas?


Com esta pergunta respondi a um questionamento sobre por que os cangurus não desenvolveram sua inteligência se são bípedes como nós, e por isso fui chamado "sem cérebro": http://answers.yahoo.com/question/index?qid=20080511094554AAmLU3N.

Ora, conhecer uma teoria, não significa concordar com ela. Aceitar uma teoria sem questioná-la não é sinal de sabedoria, mas de ausência dela. Aceitar uma teoria sem questionamento é característica de alguém que não pensa, mas que pensam por ele.

Quantas vezes ouvi de gente que se considera inteligente por acreditar em uma teoria que simplesmente lhe foi imposta, dizer que os homens evoluiram dos chimpanzés ou que estão milhões de anos à frente na escala evolutiva. Na verdade, o evolucionismo diz que homens e chimpanzés têm ancestrais comuns, e que ambos seguiram diferentes caminhos na escala evolutiva. Simplesmente não conhecem a teoria que defendem.

Todas as aves são bípedes, mas têm pequena inteligência. Mamíferos como o elefante e o golfinho, não são bípedes, mas têm grande inteligência.

A disponibilidade de se usar os membros dianteiros é um dos grandes argumentos evolucionistas. Mas pandas e esquilos, apesar de não serem bípedes, têm grande abilidade com eles, mas até hoje não desenvolveram grande inteligência.

Outras teorias não podem ser descartadas: JB me enviou uma mensagem dizendo que se eu conhecesse um pouco sobre antropologia, saberia que a inteligência humana está diretamente relacionada com o bipedalismo, então aí vai o ponto de vista de um antropólogo:
http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/por_que_alguns_animais_sao_tao_inteligentes__imprimir.html

Tendo questionado JB, estou aqui, esperando sua resposta. Me bateu em uma face, estou lhe oferecendo também a outra (+)!



Nenhum comentário: