Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo... Sim, Jacque, eu ainda te amo! Por favor, me perdoa...

sábado, 27 de dezembro de 2008

Retrospectiva 2008

O escândalo dos cartões corporativos, a renúncia do Tio Fidel, crises diplomáticas (Brasil e Espanha; Equador, Colômbia e Venezuela), epidemias, olimpíadas marcadas por protestos, terremotos no Brasil e na China, crise dos alimentos, conflitos por territórios indígenas, recordes de engarrafamento, lei de biossegurança, bancos que se f...undiram, superpotências em recessão, o resgate de Betancourt, crises econômicas, conflito entre polícias, primeiro presidente negro estadunidense, ataques terroristas na índia, sapatadas no Bush (mas ele se desviou, quase não terminamos o ano com uma boa notícia). Com certeza nenhum desses assuntos teve tanta atenção por parte da mídia e da população quanto às dores particulares, mortes que se tornaram atração pública, meninas que tiveram todo o seu sangue sugado após a morte por uma mídia parasita...

O crescimento no consumo das frutas também é algo que chamou muito a atenção da imprensa!

O que se pode dizer de bom de 2008? Será que todo ano será sempre assim? Será que 2009 não pode ser diferente? A quem pertence o poder de concretizar os votos de "próspero ano novo"? As lideranças do mundo se renovarão, mas tudo continuará caminhando para o precipício.

E ai de quem cair por baixo!

Nenhum comentário: