Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo... Sim, Jacque, eu ainda te amo! Por favor, me perdoa...

domingo, 1 de abril de 2012

Sobre Os Escombros

 
Escombros 

A cidade perturbada
Fria, morta e fálica
Com seu véu de pó e fumaça
A felicidade nunca chega
Sempre está por vir
Persegue-se a vida inteira

Parece que tudo é tão longe
Longe daqui, Longe de mim

A fé louca e cega
Da multidão desgovernada
Mas há quem não crê em nada
Nas carcaças de concreto
O passado deixa marcas
Há coisas que nem o tempo apaga

Parece que tudo é tão longe
Longe daqui, Longe de mim

Escritórios, ruas e fábricas
Onde a vida se desfaz
Pedaços de gente e máquinas
Desperto sobre os escombros
Do dia anterior
A razão se esconde atrás do horizonte

Parece que tudo é tão longe
Longe daqui, Longe de mim

Longe.....
Letra: Escombros, banda Inocentes

Nenhum comentário: