Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo... Sim, Jacque, eu ainda te amo! Por favor, me perdoa...

quinta-feira, 10 de maio de 2012

2 de maio a 30 de abril: Dia do Patrão!

JIRAU: Camargo Correa assassina mais um operário. Imprensa comprada se cala



Imagens fortes, clique nelas para ver as originais

     Na quinta-feira, dia 3 de maio, o operário José Roberto Viana Farias, com apenas 25 anos de idade, foi assassinado pela empreiteira Camargo Correa no canteiro de obras de Jirau. Mais um operário que é assassinado pela negligência, má fé e dolo direto da diretoria da empreiteira que não adota as devidas e obrigatórias medidas coletivas e de proteção individual nas estruturas em construção da usina. A ganância da Camargo, ritmo aceleradissimo de trabalho, os gritos dos seus chefes exigindo produção, produção, a inexistência de bandejas de proteção no perímetro da estrutura e cabo guia para fixação do cinto de segurança, são as causas da queda e morte do companheiro José Farias.

     Também foram as péssimas condições de trabalho, a imposição de trabalho noturno e a ganância e irresponsabilidade da Camargo Correa que causaram a morte deste companheiro sinaleiro do guindaste e tantos outros acidentes.

     A atual ocupação policial-militar do canteiro de obras sufocou a justa manifestação de revolta dos operários contra a morte do companheiro de trabalho. Com armas em punho e viaturas circulando em alta velocidade, os policiais da Forca Nacional e PM impõem terror dentro do canteiro de obras e atuam como feitores de escravos. A tropa do governo acoberta os crimes premeditados da Camargo Correa, como esta queda provocada pela ganância patronal e que soma-se a lista de operários mutilados e assassinados pela construtora Camargo Correa.

Leia a matéria na íntegra em LigaOperária.org

Nenhum comentário: