Tal qual o ar que respiramos, sei que Deus existe, ainda que não possa vê-lo... Sim, Jacque, eu ainda te amo! Por favor, me perdoa...

sexta-feira, 8 de abril de 2011

III Confederação Tamoia dos Sem Teto

O Acampamento Indígena Revolucionário (AIR), em ação conjunta com a Frente Internacionalista dos Sem Teto (FIST), Fórum dos Educadores Populares, Reunindo Retalhos, MTD - pela Base e outros movimentos sociais têm como proposta a realização da III Confederação Tamoia dos Povos Originários e Sem Teto, uma necessária discussão sobre as ocupações urbanas da região do Rio de Janeiro, juntamente com o debate sobre a questão indígena contemporânea. Portanto, a III Confederação Tamoia dos Povos Originários e Sem Teto tem como objetivo último a discussão sobre a violência do Capital tanto em territórios indígenas (encurralados pelo agronegócio, pelos grandes projetos hidrelétricos, assim como de mineração,entre outras ameaças), como, no caso específico da cidade do Rio de Janeiro, abordando a violência e a opressão do Estado a serviço dos grandes latifundiários urbanos, dentro de um contexto onde a enorme população descapitalizada é vítima. III CONFEDERAÇÃO TAMOIA DOS POVOS ORIGINÁRIOS E SEM TETO Cronograma das apresentações. Local: Ocupação Quilombo das Guerreiras, AVENIDA Francisco Bicalho, 49, Leopoldina, perto da Rodoviária Novo Rio, Rio de Janeiro. Dias 22, 23 e 24 de abril (sexta, sábado e domingo). 1º DIA 22/04/2011 (SEXTA) - Mesa 1 - 09:00h da manhã: Terrorismo de Estado – Despejos, Remoções e UPP’s. Palestrantes: FIST (Frente Internacionalista dos Sem Teto), Rede Contra a Violência, Lúcia (Defensora Pública), Representante do Estado. Mediador: Almoço cultural Mesa 2 – 13:00h às 16:00h: O que é o Acampamento Indígena Revolucionário (AIR), sua relevância na História das lutas Indígenas no Brasil. Qual a política e as reivindicações do AIR. A luta contra a privatização da FUNAI. Palestrantes: Arão Guajajara (CNDI)), Dr. Mércio Gomes (antropólogo), Carlos Pankararu (líder AIR), Wagner Tramm (indigenista). Mediador: Mesa 3 – 17:00h às 20:00h: As políticas governamentais – a estratégia de avanço do capital nas terras indígenas – e a resistência. A luta por uma FUNAI indígena. Palestrantes: Korubo (líder AIR), Lúcia Munduruku (líder AIR), Representante do CIMI, Carlos (espaço Mané Garrincha). Mediador: 2º DIA 23/04/2011 (SÁBADO) - Mesa 1 – 09:00h da manhã: Criminalização dos Movimentos Sociais Palestrantes: Representante do Reunindo Retalhos, MST, Conselho Popular, FIST, Carlos Pankararu (líder AIR), Frente Nacional dos Torcedores, MTST, Representante da Campanha O Petróleo é Nosso, Representante do Crítica Radical. Mediador: Almoço cultural Mesa 2 – 13:00h às 16:00h: A nova Configuração do Espaço Urbano a partir dos Mega Eventos Palestrantes: José Claudio Alves, Deley de Acarí, Representante da Ocupação Vila Autódromo, Frente Nacional dos Torcedores. Mediador: Mesa 3 – 17:00h às 20:00h: Os indígenas no contexto urbano. A resistência da Ocupação Indígena do Maracanã como uma resposta à falta de políticas públicas para os indígenas. Palestrantes: Urutau Guajajara (MIR), Dauá Puri, Carol Potiguara. Mediador: 3º DIA 24/04/2011) (DOMINGO) - Mesa 1 – 09:00h da manhã: Identidade Latino-americana: os Povos Ancestrais e o embate com a colonização européia. Palestrantes: Carlos Pankararu (líder AIR), Korubo (líder AIR), Urutau Guajajara (MIR). Mediador: Mesa 2 – 13:00h às 16:00h:Unificação de lutas dos Movimentos Sociais. Palestrantes: Indicação para que cada ocupação, movimento social exponha sua visão de unificação, suas propostas e demandas. Mesa 3 – 17:00h às 20:00h: Mesa Única: Plano de Ação Plenária Aberta Cine-clube Tamoio de Resistência Indígena; Teatro do Oprimido; Sarau. Postado por Acampamento Indigena

Nenhum comentário: